Rondônia, 18 de Junho de 2018
ESPORTES

Cris Cyborg embolsa mais de R$ 1,6 milhão de bolsa após vitória no UFC 222

Fonte: Assessoria
  • Cris Cyborg embolsa mais de R$ 1,6 milhão de bolsa após vitória no UFC 222
Por Combate.com, Las Vegas, EUA


A campeã peso-pena (até 65kg) Cris Cyborg foi a lutadora mais bem paga do UFC 222, realizado no último sábado em Las Vegas. A brasileira de 32, que defendeu seu título contra Yana Kunitskaya, embolsou US$ 500 mil, cerca de R$ 1.612.850. A adversária russa ficou com US$ 100 mil. As informações salariais do evento, vindas da Comissão Atlética de Nevada, foram divulgadas pelo site “MMA Fighting”.

Além das lutadoras que fizeram o combate principal, outros três lutadores somaram cifras com seis dígitos: Andrei Arlovski (US$ 275 mil), Brian Ortega (US$ 200 mil) e Frankie Edgar (US$ 195 mil).

Além de Cyborg, outros quatro brasileiros estiveram no card. A estreante no evento Mackenzie Dern levou uma bolsa de US$ 25 mil, além de mais US$ 25 mil pela vitória contra Ashley Yoder. Ketlen Vieira embolsou um total de US$ 60 mil, metade pela bolsa e outra metade pela vitória diante de Cat Zingano. Na derrota para John Dodson, Pedro Munhoz levou bolsa de US$ 34 mil.

Vale ressalta que esses números não representam os ganhos totais de um lutador, já que eles ainda podem ter rendimentos de patrocínio, ganhos por pay-per-view ou bônus não divulgados.

Confira a lista completa dos salários do UFC 222:

CARD PRINCIPAL:

Cris Cyborg (US$ 500 mil + sem bônus pela vitória = US$ 500 mil) venceu Yana Kunitskaya (US$ 100 mil)

Brian Ortega (US$ 100 mil + US$ 100 mil = US$ 200 mil) venceu Frankie Edgar (US$ 195 mil)

Sean O’Malley (US$ 22 mil + US$ 22 mil = US$ 44 mil) venceu Andre Soukhamthath (US$ 19 mil)

Andrei Arlovski (US$ 275 mil + sem bônus da vitória = US$ 275 mil) venceu Stefan Struve (US$ 77 mil)
  • Cris Cyborg embolsa mais de R$ 1,6 milhão de bolsa após vitória no UFC 222