Rondônia, 18 de Junho de 2018
ESPORTES

Lutador é preso em Moscou acusado de agredir estudante e deixá-lo em coma

Fonte: Assessoria
  • Lutador é preso em Moscou acusado de agredir estudante e deixá-lo em coma
Por Combate.com, Moscou, Rússia


O jovem lutador russo Anvar Batirov, de apenas 18 anos, foi preso nesta última terça-feira acusado de atacar um estudante universitário e deixá-lo em coma em Moscou. Segundo o site “Crime Russia”, o ocorrido aconteceu no último dia 12 próximo ao Parque Central de Cultura e Lazer de Gorky, onde um grupo se aproximou de Amir Abumuslimov, aluno de medicina, e um amigo enquanto caminhavam para casa. Após uma breve conversa, Batirov acertou Abumuslimov na cabeça.

Ainda segundo a publicação russa, Abumuslimov sofreu um derrame e hemorragia cerebral em função do ataque de Batirov. O estudante permanece em estado de coma em Moscou.

Enquanto isso, Batirov foi preso e acusado de “infligir uma lesão grave intencionalmente”. O lutador se declarou culpado e é investigado pelo Departamento de Investigações do Ministério de Assuntos Internos da Rússia.

Batirov teria um cartel de três vitórias e duas derrotas no MMA, mas tanto no Sherdog como no Tapology consta apenas uma luta, e que ele perdeu em fevereiro deste ano (abaixo, você pode conferir essa luta). Ele treina no clube de luta “Legion”, em Moscou, e já ganhou torneios de kickboxing, grappling e pancration nos últimos anos.
  • Lutador é preso em Moscou acusado de agredir estudante e deixá-lo em coma