Rondônia, 26 de Maio de 2018
ESPORTES

temporal em Mônaco e surpreendente vitória de Jean-Pierre Beltoise em 1972

Fonte: G1
  • temporal em Mônaco e surpreendente vitória de Jean-Pierre Beltoise em 1972
Por Fred Sabino


O Grande Prêmio de Mônaco sempre foi conhecido pelas surpresas. Os guard rails colados à pista, a largura incrivelmente pequena do traçado e a variedade de relevo e curvas proporcionaram corridas marcantes. Isso sem falar no cenário deslumbrante do Principado. Mas em 14 de maio de 1972 quem embaralhou as cartas foi um temporal. E daí surgiu um vencedor improvável: o francês Jean-Pierre Beltoise. Essa corrida incrível é o tema da seção OTD ("On This Day") de hoje.

A temporada daquele ano começou bem equilibrada. O campeão de 1971 Jackie Stewart começou vencendo na Argentina, enquanto na África do Sul Denny Hulme levou a McLaren à vitória. Emerson Fittipaldi venceu pela segunda vez na F1 na Espanha e partiu para Mônaco dividindo a liderança da tabela com Hulme.

Contrariando uma característica sua, já que não era propriamente espetacular em classificações, Emerson conquistou a pole position, com as Ferraris de Clay Regazzoni e Jacky Ickx logo atrás e o surpreendente Beltoise em quarto com a outrora poderosa BRM. Mas, quando chegou o domingo da corrida, choveu, e choveu para valer.

Todo e qualquer favoritismo estava liquidado já que a pista nas ruas de Monte Carlo, se já era traiçoeira em condições normais, imaginem com a pista praticamente alagada. E a zebra de fato pintou no Principado.
  • temporal em Mônaco e surpreendente vitória de Jean-Pierre Beltoise em 1972