Rondônia, 22 de Outubro de 2018
ESPORTES

Valentina Shevchenko enquadra Nicco Montaño: "Ou luta, ou abre mão do cinturão"

Fonte: Assessoria
  • Valentina Shevchenko enquadra Nicco Montaño:
Por Combate.com, Nova York, EUA


Virtual desafiante ao cinturão peso-mosca do UFC, a quirguistanesa Valentina Shevchenko está no limite da paciência com a campeã, a americana Nicco Montaño. Em entrevista ao programa "MMA Hour", a lutadora deixou claro que a detentora do cinturão precisa decidir se luta, ou se deixa o cinturão vago.

- Ainda não chegamos ao ponto de ela ter o cinturão retirado, mas acho que essa seria a coisa mais certa a se fazer. Se você não está pronto para lutar, ou se não quer lutar, abra mao do cinturão. Você não pode travá-lo. Se você tem problemas de saúde, e que não vai poder lutar por muito tempo, tem que deixar o cinturão, e assim que voltar, terá o direito de lutar por ele novamente. Não é correto achar que o cinturão será seu eternamente. Ou você luta para defendê-lo, ou desiste ele.

Shevchenko revelou que o UFC ofereceu duas datas a Montaño (7 e 28 e julho), e que ela recusou as duas após inicialmente dizer que poderia atuar. A desafiante acredita que a americana estará pronta para lutar até o fim de agosto.

- Primeiro Nicco disse que estaria pronta para lutar no UFC 226, dia 7 de julho. Depois ofereceram o dia 28 de julho, e ela recusou novamente. Eu não sei o que ela está pensando. Talvez ache que já fez tudo o que poderia fazer na vida e já pode se aposentar... Acho que ela estará pronta para lutar em algum momento no fim do verão, e eu estarei aqui esperando para lutar pelo cinturão. Ela não pode correr para sempre. Em algum momento ela terá que parar. Estou aqui para fazer o meu trabalho, nunca paro de treinar e estou sempre em forma. Vou esperar a minha chance e ver como as coisas vão acontecer.

Na opinião da quirguistanesa, a demora da campeã poderia ser uma estratégia para evitá-la, fazendo-a perder a paciência em esperá-la e pedir uma outra adversária. Shevchenko, no entanto, garante que isso não vai acontecer.

- Eu acho que ela está me evitando, mas acho que pode ser a sua estratégia, de achar que eu vou perder a paciência e pedir outra luta. Eu lutaria e ela esperaria para ver o que aconteceria. Mas eu vou esperar pela minha disputa de cinturão. Tenho certeza que ela vai chegar. Não sei se já ofereceram a ela uma data no fim do verão, talvez ela aceite, mas ninguém sabe se ela realmente lutará até lá. Pode ser que, no último minuto ela diga que ainda tem algum problema de lesão e que ainda não possa lutar. Se isso acontecer, vou continuar fazendo meu trabalho, que é treinar.
  • Valentina Shevchenko enquadra Nicco Montaño: